sábado, 7 de fevereiro de 2009

MUNDOS REGENERADORES

Entre as estrelas, que sentila nos céus azulados, quantos mundos há como o vosso. Destinados pelo o Senhor para expiação e provas. Mas há também entre eles, mundos também mais felizes e infelizes, bem como há mundos de Transição que podemos chama-lo de regeneradores. Cada sistema planetário girando no espaço, ao redor de um centro comum tem em sua volta, mundos: Primitivos de exílio, de Provas, de Regeneração e de Felicidade. Já vos falaram dos mundos? onde a alma recém nascida é colocada ainda ignorante do bem e do mal para que possa caminhar para Deus, senhora de se mesma? na posse do seu livre arbítrio? Como sabeis, a grande capacidade que a alma possui, lhes foram dadas para fazer o bem. Mas infelizmente há as que fracação, e Deus dando-lhes novas oportunidades, permite que nesses mundos de encarnação, e incarnação se depure, se regenere, e se torne digna da glória que lhes esta sendo reservada. Os mundos regeneradores são intermediários entre: os mundos de Expiação e os mundos Felizes, a alma que se arrepende encontra neles a calma, e o descanso, acabando por se depurar. Nesses mundos, o homem ainda esta submetido as leis que regem a matéria, sente as mesma sensações e os mesmo desejos como os nossos, mas esta livre das paixões desordenadas das quais sois escravos. Neles não há mais o orgulho que silencia o coração, a inveja que tortura, e o ódio que sufoca, a palavra amor esta escrita em todas as frontes, um perfeito equilíbrio regula as relações sociais, todos reconhecem Deus e tentam ir até ele comprindo lhe as leis. Nesses mundos a felicidade perfeita ainda não existe, mas o começo da felicidade. O homem ainda é carne por essa razão esta sujeito o sofrimento da vida dos quais apenas os seres completamente desmaterializados estão livres, ainda há provas a suportar, mas já não são as angustia dolorosas da expiação comparado a Terra. Esses mundos são mundos felizes, e muitos de nós ficaríamos satisfeitos em habita-los, pois são calma após a tempestade a convalecência após uma doença cruel. O homem menos preocupado com as coisas matérias tem melhor noção do futuro, compreende que há outras alegrias, que o Senhor promete os que se tornam dignos quando a morte levar seus corpos para lhes dar a verdadeira vida. Então livre a alma planará sobre todos os horizontes, não há mais os sentidos materiais e grosseiros, mas o sentido de um per espírito puro e celeste envolvido como um perfume em vibrações de amor e caridade vindo de Deus. Mas nesses mundos, o Homem ainda pode fracassar porque lá o espírito do mal não perdeu ainda completamente seu domínio. Não avançar é recuar e se o homem não esta firme no caminho do bem, pode cair novamente nos mundos de expiação, como a terra! onde o aguardam novas e mais terrível provas. Contemplai, pois a noite na hora do repouso do corpo e da prece o céus azulados, e nesses mundos incontáveis que brilham sobre vossas cabeças, procurai os que levam a Deus e pede lhe que o mundo regenerador vos seja destinados após a expiação aqui na Terra.

Um comentário:

ARI LOPES disse...

Caro amigo espírita.

Obrigado pela indicação do selo.

Fique em paz, e continue na divulgação da doutrina dos espíritos.

Ari

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...